Publicado por: Lucylle France | julho 26, 2007

Muvuca no Balcao

cd058015.jpg 

Mudei para a França em 2005 e desde aquela época, existem coisas que simplesmente nao consigo digerir: uma delas é nao poder lavar minha varanda, com agua, sabao, e tudo que tenho direito.

 – Seu balcao nao tem saida para agua? Voce deve estar se perguntando a esta altura do campeonato.

Sim, ele tem sim. Por falta de uma, tem 3. Mas aparentemente, a concepçao de saida de agua nos balcoes aqui na França, sao somente para escoar a agua da chuva, e nao a agua que voce utiliza para manter o espaço na sua casa que é porta de entrada de toda sujeira exterior para seu interior doméstico.

E sabe como descobri? Enlouquecendo a vizinha do andar térreo. Um dia, feliz, alegre e saltitante, de um dia de verao daqueles que frita ovo no asfalto, joguei agua na varanda, espalhei candida pura e AJAX, peguei a vassoura e fiz a festa com a espuma que fez.

Ouvi gritos, balburdias no andar térreo, mas achei que como frances tem pouco tempo de sol, o povo la embaixo estava se divertindo num churrasquinho basico.

De repente ouço : Madame, madame, ne jete pas de l’eau! e minha campainha tocando ensurdecedoramente.

Abri, com aquela cara sorridente de estrangeiro “por favor, goste de mim!” e tasquei meu mais simpatico “bonjour” a um cidadao vermelho e ofegante

– Madame, nao pode lavar o balcao com agua e sabao.

– Mas tem saida de agua, Monsieur – respondi eu, educadamente, rezando para que ele nao chamasse a imigraçao e ordenasse minha expatriaçao por ter cuidado propriamente da higiene do meu lar…

– Aquela agua é para escoar agua da chuva, pas a agua de lavar balcao. Aqui se passa pano umido somente, com agua e alcool, d’accord?

A esta altura meu cérebro divagava entre qual era a diferença entre a agua da chuva e a agua de balcao e se havia algum detector escondido no cano de saida da agua que indicava a diferença entre elas… gente estranha esta…

Nao me restou mais do que concordar. E os gritos la embaixo ainda continuavam, e la fui eu ver o estrago que tinha feito.

A vizinha debaixo, crente que aqui no prédio nao haviam estrangeiros desavisados, acostumados com as boas regras de higiene doméstica, havia plantado uma roseira GIGANTE bem embaixo da saida da agua. Sim, a roseira aquela altura, estava sendo devidamente regada com candida e AJAX PURO.

Se ela sobreviveu, nao sei. Mas nao abro mao de pelo menos passar um esfregaozinho com candida pura e AJAX no meu balcao, e perder horas do meu dia, repassando com outro esfregao para tirar a espuma…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: