Publicado por: Lucylle France | julho 28, 2007

Chantilly, a Cidade que é um Doce

castelochantilly.jpg

Castelo de Chantilly 

Chantilly fica no Oise, a 40 km de Paris. Situada entre florestas, é acessível pela RN16 Paris e pela RN 31, vindo de Beauvais, e pela A1 Paris – Lille. Há, ainda, a possibilidade de visitá-la por meio da linha de trem Paris/ Chantilly – Gouvieux, que parte diariamente da Gare du Nord.

A cidade conta com 12 mil habitantes e recebe mais de 500 mil turistas por ano, sendo 20% destes estrangeiros. Em Chantilly, o visitante encontra o Castelo (Muséé Conde), conhecido por armazenar uma das mais importantes coleções de pintura da França e também por seus parques, pelo Museu do Cavalo – mundialmente reconhecido -, pelo Hipódromo e pelo Potager des Princês, que, esporadicamente, exibe espetáculos teatrais e é um ótimo lugar para pesca.

Algumas vezes, obtém-se bons preços nos guichês da SNCF/ TER Picardie, que incluem os bilhetes de trem (ida e volta) e os ingressos das atrações (Museu e Castelo). Antes de embarcar no trem, não se esqueça de validá-los em dispositivos (amarelos) no início das vias de acesso, pois, constantemente, os controladores verificam os bilhetes. A multa para quem não tem os “tíquetes” validados é de 25 euros e deve ser paga na hora.

O escritório de turismo fica perto da estação de trem. Ao sair da estação, atravesse a rua e siga em frente, em direção à Rue Marechal Joffre. Lá você encontrará o escritório na esquina, à sua direita, e obterá o mapa da cidade e o horário das apresentações do Museu do Cavalo.

Do escritório de turismo é possível chegar à pé ao Castelo, porém os ônibus urbanos (Dessert Cantillienes) são gratuitos. Verifique, no escritório de turismo, onde são os pontos.

Programe-se para conhecer o Castelo pela manhã, pois a maioria dos shows do Museu do Cavalo é à tarde. Caso você não consiga algum desconto pela SNCF, vale a pena comprar, de uma vez, os ingressos para o Museu e para as apresentações dos cavalos.

No Castelo, você poderá visitar os apartamentos, a capela e a coleção de pinturas do Duc D’Almale, uma das mais importantes da França. Conhecerá, ainda, os jardins que, durante a primavera e o verão, proporcionam passeios de barco e de trem.

O Museu do Cavalo apresenta espetáculos com cavalos adestrados e, em seguida, uma demonstração pedagógica de como os animais são treinados. Este programa é uma ótima opção para quem tem crianças.

Comes e bebes

Bateu aquela fome? Nos jardins da propriedade do Castelo, existem alguns restaurantes. Mas você também pode almoçar nos restaurantes próximos. Saindo da propriedade, seguindo pela rua estreita de pedras, após o portão, você encontra uma grande variedade de boulingerie, pastisserie, restaurantes e lojas.

Para quem não fala nada de francês, uma boa pedida é ir até o Restaurante Silvie, na Rua Marechal Joffre, e procurar pela Maria. Esta garçonete portuguesa é extremamente gentil, porém tímida.

 

Não perca!

Para quem quer esticar o passeio pela região, nossa sugestão é Senlis, antiga cidade real onde é possível visitar uma igreja – outrora abrigo de feridos das guerras mundiais -, a Catedral e aproveitar as ruas em estilo medieval e seu comércio.

Também indicamos a Abadia de Royamount, a Abadia de Chaalis, onde você poderá visitar o roseiral, conhecer um ateliê de perfume – e, quem sabe, criar seu próprio aroma – e alguns castelos da região do Oise, como o castelo de Compiégne, antiga cidade imperial, e de Pierrefonds.

abadiaroyamount.jpg

Abadia de Rayamount

 

Uma dica para quem levar bicicleta (é possível carregá-la dentro dos trens!): aproveite as florestas que circundam a cidade de Chantilly, seus parques e conheça as cidades ao redor, como Gouvieux, Lamorlaye, que tem a mais importante pista de equitação da França, Orry-la-Ville, La Chapelle em Serval.

 

Para compras, em Saint Maxim, existe um Centro Comercial com supermercados, lojas de roupas, calçados, eletro-eletrônicos, artigos esportivos e decoração para a casa.

 

Uma outra informação importante: nunca diga a um Cantillene que sua cidade chama-se Chantilly, mas “Chantii” (“ll” tem som de “i” em francês). Isso os irrita muito!

 


Responses

  1. Lindo Chateau, se não me engano o filme Vatel, foi filmado ai uma parte e a outra em Vaux le Vicomte, passeio inesquecível neste país tão belo.

  2. adorei suas informações.Estou indo pra Chantilly em maio e gostariade saber se você sabe de algum curso de francês pra iniciantes por lá.Desde já ,obrigada

    • Paula, tem curso de frances sim, no Centro Cultural. Quando voce for a Chantilly, voce procura a Av. Marechal Leclerc, vai ver na esquina, o banco Societé Generale de um lado, uma loja(mercerie) do lado oposto, uma farmacia e uma loja. Na calçada do Societé Generale, Voce vira a rua a direita e segue em frente, o Centro Cultural fica do outro lado da calçada, mais ou menos no meio do quarteirao. Na calçada onde se encontra o Centro Cultural, voce vai ver uma imobiliaria e uma loja de decoraçao.

      Eu estudei por la, mas ja faz um tempao e infelizmente nao sei os preços, etc, etc… voce pode procurar o site na internet (nao tenho o endereço, tente o Google), talvez por e-mail voce consiga mais informaçoes antes de vir, ok?

      Boa sorte.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: