Publicado por: Lucylle France | novembro 15, 2008

Novamente uma questao de Marketing?

806975501Ha algumas semanas atrás, o Ministério do Interior Francês divulgou que algum imigrante não será aceito no país se não souber falar o francês. Isto causou furor em varias comunidades de estrangeiros e muita preocupação para quem esta pensando em mudar-se para a França para estudar.Mas não tiro a razão desta lei, mas questiono, comparando com a estratégia italiana, esta medida. Existem ainda em toda França comunidades de estrangeiros que falam somente a língua natal, não se integram a cultura francesa, desconhecem todas as regras sociais do pais onde fixaram residência e se recusam a integrar-se. Mas em contrapartida, estas pessoas reinvidicam melhores condições de vida, igualdade em questão de trabalho e ajudas sociais.

Ou seja, uma via de mão única, o tal “Toma la, mas não dou ca”. Além destes problemas, existem aqueles outros, pequenos da vida cotidiana e outras maiores, sociais, como a marginalidade, o índice de criminalidade e a exclusão social.

Mas, como tudo aqui na França, para ser instituído, tem que ser baixado uma lei com punições: o imigrante que solicitar o visto de reagrupamento social devera dominar a língua, provar que tem ganhos necessários para sustentar o numero de pessoas que o acompanha, caso contrario… rua!!! Mais uma vez, não tiro a razão do Governo Francês para estas medidas (tudo bem, podem jogar pedra em mim, mas quer saber? Eles estão certos… quer vir para cá? Então se esforcem pelo menos para se integrar no pais, oras… foi-se o tempo que o “rei dava o pão para o povo quando a colheita não era boa”…)

Além de cumprir estas exigências, o imigrante e sua família podem ser convidados a assinar um contrato em que ele se compromete a freqüentar aulas de francês, historia, policia e cultura da Franca, etc, etc. Chapeau! Além de exigir, o governo francês da condições para que o imigrante se integre. Só não vai quem não quer.

Agora vem a diferença na Itália. Hoje assisti a uma propaganda o Governo Federal Italiano, mostrando varias situações de imigrantes originários de diversas partes do mundo, em situação de trabalho em que geralmente eles se encontram (ajuda as pessoas idosas, restaurantes, etc), cantando musicas típicas italianas e no final, a mensagem do Ministério do Trabalho incentivando que os imigrantes procurem os órgãos oficiais da sua comune para participar dos cursos de integração, assim, estes imigrantes terão possibilidade de conseguir um trabalho ou melhorar as condições destes.

Mais uma vez, a grande diferença de marketing entre os paises: um usa a lei para instituir a ordem “no galinheiro” (devidamente necessário e em nenhum momento eu discordo desta atitude de integrar o imigrante ao contexto cultural do pais) e o outro, mostrando, que se o imigrante se esforçar para aprender a língua e a cultura do pais onde se encontra, poderá melhorar de vida.

Qual dos dois esta mais certo? Isto é difícil de julgar. Mas ao longo do tempo poderemos verificar qual atitude surtira mais efeito para impedir esta invasão ilegal de imigrante e conseqüente marginalização dos mesmos.

Agora falta uma grande campanha de aceitação dos imigrantes em alguns paises… não adianta obrigar, convidar ou incentivar o imigrante a integrar-se na comunidade, do outro lado, seria desejável uma igual campanha para obrigar, convidar e incentivar o “nativo” de cada pais a dar as mesmas oportunidades de trabalho e de tratamento ao imigrante que o pais esta acolhendo.

Mas ainda fico com o exemplo do nosso Brasil: não precisou lei, não precisou campanha, não precisou absolutamente nada para que esta via de duas mãos fosse instituída pacificamente e naturalmente. Nossa própria historia construiu esta via.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: