Publicado por: Lucylle France | junho 25, 2009

é menina, viu!!!!

57359986Eu nao sei o que acontece com estes franceses…

Nada me irrita mais do que sair com a Julia na rua e ouvir a famigerada pergunta : é menino ou menina?

Tudo bem. Recém-nascido tem cara de joelho e nao parece com ninguém. Sim, nao parece com ninguém. Nao me venham dizer “Nossa, é a cara da mae”, ou “Carinha do pai, esculpida em carrara” porque nao é nao.

Recém nascido parece com recém nascido e logicamente, nao da para numa olhada, descobrir o sexo, a nao ser que  mae vista a boneca todinha de cor de rosa, com lacinhos, fitinhas e escreva um cartaz enorme no carrinho qual é o sexo.

Bem, a Julia teve o azar de nascer no final do inverno. E logico, toda socada dentro de um monte de roupas de la e de cobertor, ninguém adivinhava se era menino ou menina. Mas posso me gabar que por onde eu andava com minha pimpolha, todo mundo parava para ver.

A Julia cresceu. Hoje ela tem 3 meses e ja usa vestidinho, sandalinha, coisas de rendinhas, babadinhos, fitinhas. E mesmo assim, tem gente que pergunta para mim “C’est une fille ou un garçon?” (é menino ou menina?).

Gentem…. vamos la… limpem seus oculos, abram seus olhos… a Julia nao tem cara de moleque (é moleca, sapeca, mas nao tem cara de menino nao).

Mesmo quando ela usa macacao azul, dou um jeitinho de colocar um toque feminino : body com florzinha, rendinha e outras inhas.

Mas mesmo assim tem um infeliz que pergunta : é menino, ou menina?

Até que se pode achar uma explicaçao: para quem la na época da realeza, vestia os meninos com vestidos, joias e brocados, é dificil mesmo até hoje para esta turma saber que menina usa fitas, laços e vestidos e menino usa calça, tenis, boné…


Responses

  1. lucylle, achei seu blog bem interessante, com informações muito precisas sobre essa delícia de paris.
    mantenho um blog, http://www.estouindopraparis.blogspot.com, onde reúno as informações que julgo importantes para essa viagem.
    adicionei um link para o seu blog lá, ok?

    abraço!

  2. Oi Lucylle, adorei seu blog! So uma criticazinha sobre esse post, acho essa coisa de babados pra meninas e bonés para meninos uma coisa tão ultrapassada! Aqui na França, bem menos do que no Brasil, as pessoas não definem muito as crianças de acordo com o sexo e não levam tão a sério essa coisa de rosa/azul, boneca/carrinho, princesinha/guerreiro. E acho que isso colabora muito contra as idéias machistas que a sociedade nos impõe. Chega de rolutos, né?

    Mas parabéns pelo bebê! Curta muito, pois eles crescem mt rapido! Não é palavra de mãe, mas de baba! A gente tbm se apega, viu? hehehe!

    • Amanda
      Concordo em genero, numero e grau, a alma deste post nao eh colocar rotulos, tipo menina usa isto, menino usa aquilo, eu sou totalmente contra tudo isto e a Julia mesmo esta sendo criada desde ja para ser ela mesma, se gostar de carrinho, pq nao deixar brincar, etc, etc…

      O que me irrita eh a “tapadice” desta turma, ve a menina vestida de rosa, tem fitinha no cabelo e pergunta se eh menino ou menina…

      Como diz o povo da India e desculpe mas nao sei a grafia correta: Are Baba!!!

      • Cherie, que historia! Olha, se ele eh filho de brasileira com frances, ele tem a nacionalidade francesa sim, se ele nasceu aqui… Mas nao sei desde quando segue esta regra, algumas mudaram ha pouco tempo, por exemplo, filho de pais estrangeiros nascido na Franca nao tem nacionalidade francesa.

  3. Oi Lu, esto usempre a visitar teu blog, adoro a forma com ovc escreve. PArabens pela Julia, muita sorte a todos.

  4. Oi Lu, estou sempre a visitar teu blog, adoro a forma como vc escreve. Parabens pela Julia, muita sorte a todos.

  5. LUCYLLE gostaria de saber se e muito dificil engressar na sorbone ,como e o criterio de avaliação ,se a mensalidade e cara estou em busca de informação ,dai achei seu blog q e muito legal vc esta de parabens !!!

  6. Oi Lu!
    Parabens pela Julia!
    Eu tambem acabei de descobrir que serei mamae em 8 meses!!!
    Beijos

  7. Pra que criança precisa usar jóaia, florzinha, rendinha, etc? Será que ela percebe alguma coisa? Qual a função disso? Por isso vivemos na sociedade do espetáculo, da imagem e do marketing, sem valores e sem objetivos.

    Abraços!

  8. Credo, esse povo realmente tem uns momentos sem noçao. Prefiro ficar na duvida mas nao perguntar. Do jeito que eu sou se me perguntarem sobre meu bebe vou soltar dites donc um vous etes aveugle ou quoi
    :p
    ah e o nome da sua bebe é lindissimo, mas eu sou suspeitissima pra falar!!😛

  9. A julia deve estar te dando muito trabalho, pois voce abandonou o blog!

    Volta vai?! adoro seus posts

    aphrodite

  10. Oi Lucylle…tb sou mäe de uma bebê de 3 meses e meio:-) estamos no mesmo barco..moro ao lado: Alemanha…vou add vc no meu blog, vou ler + aqui..bjs

  11. detalhe agora que vi o ano que vc escreveu esse post…isso aconteceu comigo agora em 2010:-)bjs


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: